Como se tornar aquilo que realmente queremos ser, sem se sentir culpado?

    Fiz esta pergunta recentemente, e muitas pessoas me disseram que gostariam de saber como?

    Bom não terei a resposta absoluta sobre este assunto, mas terei aqui a minha experiência sobre ele, e o que me fez me sentir sem culpa diante das situações ou pessoas.

    Primeiramente foram infinitas vezes que tive este sentimento de culpa em alguma coisa que fazia ou sentia e achava que estava afetando diretamente a vida do outro. Isto me gerava um sentimento ruim e pesado e por muito tempo me consumia e me trazia desconforto. Vivi muitas fases da minha vida assim, até entender que não podemos nos culpar por tudo que acontece à nossa volta. Sim, sei que fomos condicionados a acreditar que sim, a gente é responsável por tudo que fazemos e um pouco mais, mas perai! Poxa vida e outro? Ele não tem responsabilidade alguma sobre as coisas? Tem sim!

    Quando percebi que por muitas vezes eu nem tinha culpa e automaticamente já a assumia, foi que parei e comecei a tomar uma nova postura diante da minha vida e da vida dos outros.

    Para me tornar mais leve em relação a este sentimento de culpa, comecei a fazer umas pausas comigo mesma e avaliar o que de tão errado eu fazia para sentir culpa, e por incrível que pareça descobri o seguinte:- Sou responsável 100% pela minha vida e deixo entrar ou sair o que eu quiser dela, certo? certo! Com isso percebi que cada um é responsável 100% por sua vida também, certo? Certo! Então, cada um que cuide e preserve ao máximo a sua própria vida! Não posso assumir a culpa do outro e devo assumir a minha e tomar as atitudes cabíveis para resolver uma questão que eu tenha feito de uma maneira errada, ou que não foi legal.

    O saber perdoar e se perdoar, também foi transformador na minha vida. Acredito que se perdoar , é o mais difícil, mas ainda assim é a melhor coisa que temos a fazer por nós mesmos, pois precisamos amolecer um pouco com a gente e dar aconchego para nossas fragilidades…

    Descobri nesta jornada de auto conhecimento que tudo que faço, penso e sinto é um reflexo , uma consequência em minha vida, o mais importante é eu gostar de mim…

    Em resumo, para não sentir culpa e ser você:-

    . Entenda que a sua vida é responsabilidade única de VOCÊ (100%)

    . Tenha sempre sentimentos de realizações, plenitude e conforto dentro de você

    . Ninguém está aqui para se sentir culpado, estamos aqui para sermos felizes

    . Pare e preste atenção no que acontece dentro de você, sinta o seu silêncio e também sua voz interior, perceba quais informações que ela está dando a você, e sobre o que você necessita

    . Sua felicidade deve ser construída por você, assim como cada individuo deve ser responsável pela sua.

    . Seja 100% genuíno com a sua Vida! (só a sua já é o bastante, ok?)

    . Não assuma compromissos com os outros se os seus próprios ainda não estiverem concluídos ( isto com certeza elimina muitos problemas com a culpa)

    . Entenda que TUDO na sua vida depende somente de você. Suas escolhas, seus desejos, seus pensamentos, suas ações:- TUDO!

    . Quando perceber que realmente errou seja com você ou seja com alguém, pare e analise toda a situação e tenha a coragem de Perdoar, e fazer uma auto avaliação de como melhorar sua vida diante desta situação. O amadurecimento surge com a nobreza dos sentimentos e nas adversidades também.

    O mais importante é não se culpar tanto diante as coisas que lhe aparecem e você não sabe como lidar.

    Tenha mais compaixão consigo mesmo, tente dar um tempo para que as coisas fiquem mais leves e mais facies de se resolver, tenha um olhar mais acolhedor nestas horas, ok?

    Não se culpe demais, se ocupe com coisas serenas e coloridas em sua vida, tudo ficará bem!

    As pessoas e o mundo criam expectativas demais em relação ao outro, e isso meio que nos faz se tornar um culpado sem culpa alguma… É louco mas isso acontece! No meu caso desacelerei, parei e retomei as rédeas da minha vida. Claro que não foi da noite por dia, ainda está sendo, tenho muito a aprender, aliás acho que nunca aprenderei tudo , mas pelo menos sei o que quero e o que não quero , e culpa é uma coisa que não carrego mais e se ela tenta chegar por aqui, logo resolvo esta parada, pois é um dos sentimentos que não quero mesmo sentir nesta minha vidinha…

     

    Beijos

    Marta Rentes

    Tagged : / / / / / / / /

    Quando o assunto é você!

    E quando o assunto em questão, somos nós mesmos?

    Há momentos em que precisamos parar para reavaliar algumas coisas em nossas vidas, e fica tão visível a necessidade de mudanças, que temos que arregaçar as mangas e tirar coragem não sei de onde , e começar a avaliar ou reavaliar o que queremos, para onde vamos, o que faremos, ou então decidir de uma vez tomar as rédeas da nossa vida e começar a agir!

    Não é fácil eu sei… Já passei por este dilema várias vezes, e talvez passarei por muitas vezes ainda, mas até agora não descobri outra maneira, a não ser encarar de frente e ir à luta!

    Decidir mudar, se transformar, tirar um projeto do papel, da caixola ou do coração… Mudar posturas diante à vida, parar de fumar. começar a dieta, iniciar a caminhada, por tudo isso já passei…

    E como é gratificante quando estamos de novo em um processo de reavaliação, de dar o “Start” em outro assunto de nossa vida, ai você para,e vê quanta coisa já conseguiu realizar e até superar…

    Esta semana tive de novo que tomar novas decisões para continuar a prosseguir na vida, tive que renunciar , realinhar, planejar de novo, organizar meu tempo, mas no fim deste processo que não é fácil eu sei, vi que mais uma vez consegui colocar tudo no seu devido lugar, e o melhor:- sem me machucar, sem criar desafetos e sim dando continuidade nas coisas, mas de maneira serena e vendo que tudo tem seu tempo, e que nada sairá do controle quando paramos, prestamos atenção e cuidamos do nosso maior bem:- Nós mesmos

    Reflita sobre isso…

    Beijos

    Marta Rentes

    Tagged : / / / / /

    O poder de se fazer o bem.

    Ás vezes pensamos que não é possível atingir os nossos sonhos mais impossíveis.

    E eu tinha um destes sonhos, que era poder ajudar, acarinhar e ser importante para alguém que nem mesmo eu conhecesse, fazer o bem simplesmente por fazer e por acreditar que esse é o caminho.

    Muitos já me disseram que isso seria uma utopia, ou até mesmo que nunca seria possível de acontecer, mas acreditei e fui, hoje (emocionada eu estou) recebi a prova mais linda deste meu sonho, a gente pode sim fazer o bem mesmo sem saber a quem, e como é maravilhoso saber que estamos fazendo parte de uma outra história que não seja a nossa, saber que alguém se identifica com seu sonho e te adiciona no sonho dela também.

    Saber que uma palavra expressada com verdade e amor possa tocar e ajudar ao outro.

    Isso é que importa na VIDA, isso é o valor da VIDA, poder ajudar e não atrapalhar, estar pronto a estender a mão sem sequer saber quem estará do outro lado, não ter interesses e sim verdades, ter sinceridade, ter caráter, e principalmente disponibilidade para praticar gestos de Amor…

    A nossa vida passa rápido demais, temos que aprender a vivê-la com qualidade e simplicidade, enxergar com olhos de afeto, abraçar com a alma, e proteger com palavras de carinho e atenção todos que estão ao nosso redor.

    Perceber que nos cuidar é muito importante para poder cuidar também !

    Perceber que à nossa volta também existe vida pulsando em uma flor, em um animal, um pássaro, no mar, no céu, nos corações…

    É prestar atenção no seu coração, só assim você conseguirá ouvir o coração das outras pessoas também…

    Estou muito feliz pois o meu coração chegou em alguém especial, que tem uma história especial, e que crescerá através dela, e aprenderá que superação é o alimento da alma e do coração…

     

    Um beijo no corações de todos vocês…

    Marta Rentes

    Tagged : / / / / /

    Você deve estar em 1ºlugar sempre!

    Aprender dizer não pros outros, muitas vezes é um carinho para nosso interior, é um “sim” pra gente.

    Dar prioridade para a nossa vida é mais que importante para o processo de auto amor e  auto valorização.

    Tudo inicia dentro da gente, todos os sentimentos e ações são resultados das decisões que você prioriza internamente.

    Ação e reação. É assim que acontece aí dentro de você.

    Quando não nos colocamos em 1º lugar, fatalmente vamos ter resultados insatisfatórios no decorrer da vida.

    Como você se trata, o universo te trata também!

    Então não tenha medo de dizer não, quando você decidir que o momento é só seu. Não é egoismo, é amor próprio, é se cuidar, se respeitar.

    É necessário se valorizar e perceber que para termos uma vida com tudo aquilo que desejamos, devemos nos tornar responsáveis pelos nossos desejos e atitudes.

     

    Marta Rentes

    Tagged : / / / / / / / / /