Fridokas Club

    Vida Simples:- Por onde comecei…

    Há muito tempo eu buscava uma nova razão de viver.

    Via que os moldes que eram ditados pela sociedade não me deixava confortável para ter uma vida como eu imaginava (naqueles dias em que paramos e ficamos sonhando com a vida ideal…)

    Pensava e repensava de como eu poderia modificar, ou melhor, de como eu deveria viver a minha vida.
    Até por que eu achava que eu tinha que ter uma motivação, alguma coisa que me impulsionasse para a direção certa.
    Foi quando comecei a buscar atitudes mais simples na maneira de ser, agir, e viver.

    E foi exatamente esta decisão que me levou ao caminho certo da minha tão sonhada forma ideal de viver.
    Uma Vida Simples é muito rica em detalhes, e a rotina não existe para quem adere a esta escolha de viver.

    Os valores mudam a percepção das coisas também; a maneira de lidar com as pessoas se tornam mais delicada e com mais amor; cuidar e valorizar as pessoas e coisas vira prioridade. Preservar, conservar, reciclar agora tem mais consciência e valor.

    Mas para que uma vida seja simples precisamos adotar algumas regrinhas de organização, pois para ter uma Vida Simples, organizar é a palavra chave!

    E passarei muitas dicas preciosas sobre como conquistar à tão sonhada Qualidade de Vida.

    Mas não se enganem, toda qualidade vem através de esforço, organização e disciplina.

    Por isso que tal começar com um “caderninho” onde você irá começar anotar tudo aquilo que precise, deseje, sonhe etc…?

    Um Caderno de Anotações me ajuda muito na organização diária de meus pensamentos, anoto tudo:- compras, ideias, compromissos importantes, médicos, exames, depois vou organizando na minha agenda.

    Lembre-se Vida Simples = Organização

    Simbora começar a deixar sua vida do jeitinho que você quer???

    Marta Rentes

    Tagged : / / / / / / /

    Prestar atenção…

    Acho que não tem nada mais divino do que percebemos o quanto a Vida pode ser sim  a nossa maior escola

    De uns tempos para cá , tenho me permitido a desacelerar, e ficar atenta aos sinais que a Vida me dá.

    E são em pequenas coisas , as lições mais sábias e edificadoras que tenho recebido.

    Uns dos sentimentos que mais consegui aprimorar, foi o Perdão e a Humildade.

    Perdoar os outros até que é fácil, difícil mesmo é se perdoar !

    A sensação de leveza na alma é muito boa, e tudo parece caminhar com mais direção e segurança.

    Ser Humilde é uma das lições mais difíceis a serem cumpridas, mas a cada gesto de humildade, a Vida te surpreende  devolvendo ou dando aquilo que é seu ou você merece…

    Então a dica de hoje é:

    – Deixe a Vida te SURPREENDER !!!

    Marta Rentes

    Tagged : / / / / / / /

    Nosso corpo, nosso templo…

    Há um tempo atrás, tive complicações na minha saúde, e fui diagnosticada como alérgica de uma imensa lista de componentes tanto químicos como naturais também.

    Cheguei em um limite muito delicado da vida onde até uma fruta me levava à reações indesejadas, chegando a ter 3 choques anafiláticos em um espaço curto de tempo.

    Esta experiência com a fragilidade que é o nosso corpo, me mostrou o quanto somos responsáveis por tudo à nossa volta e principalmente dentro de nós.

    Nosso corpo é o nosso templo!

    Foi ai que decide realmente tomar a decisão mais sábia e sensata, que era cuidar mais de mim.

    Perceber o quanto a fragilidade me fazia forte naqueles momentos de falta de ar, de impotência diante de uma reação alérgica do meu corpo e tentar entender o que estava acontecendo.

    Não poder mais tomar um comprimido para uma dor, ou resfriado me deixou em pânico e as respostas começaram a chegar de diversas maneiras e sinais.

    A Yoga e meditação me ajudaram e ajudam até hoje nos momentos críticos, onde o ar parece não chegar e a ansiedade invade meu coração é a respiração calma, serena e a voz interior (alma) que nutri e estabiliza meu corpo,uma dor também consigo acalmar e suportar com os chás naturais e o inspira, expira e não pira (rs).

    E assim está sendo meus novos dias, uma alimentação saudável, muita calma, cuidados especiais e com muito carinho neste corpo que só depois de um grande susto, percebi o quanto eu sou importante pra mim mesma, e o quanto quero e preciso preservar e cuidar da minha VIDA!

    O Livro A ARTE DE SE DESCOBRIR surgiu desta necessidade de passar informações sobre todas aquelas questões que ficam dentro da gente pedindo por dias mais calmos, das dificuldades, dores, alegrias, realizações, expectativas que todos nos temos em nossos  dias às vezes solitários ou não, mas que precisam ser explorados, vivenciados, restaurados e reconectados.

    Marta Rentes

    Tagged : / / / / / / / / /

    Como se tornar aquilo que realmente queremos ser, sem se sentir culpado?

    Fiz esta pergunta recentemente, e muitas pessoas me disseram que gostariam de saber como?

    Bom não terei a resposta absoluta sobre este assunto, mas terei aqui a minha experiência sobre ele, e o que me fez me sentir sem culpa diante das situações ou pessoas.

    Primeiramente foram infinitas vezes que tive este sentimento de culpa em alguma coisa que fazia ou sentia e achava que estava afetando diretamente a vida do outro. Isto me gerava um sentimento ruim e pesado e por muito tempo me consumia e me trazia desconforto. Vivi muitas fases da minha vida assim, até entender que não podemos nos culpar por tudo que acontece à nossa volta. Sim, sei que fomos condicionados a acreditar que sim, a gente é responsável por tudo que fazemos e um pouco mais, mas perai! Poxa vida e outro? Ele não tem responsabilidade alguma sobre as coisas? Tem sim!

    Quando percebi que por muitas vezes eu nem tinha culpa e automaticamente já a assumia, foi que parei e comecei a tomar uma nova postura diante da minha vida e da vida dos outros.

    Para me tornar mais leve em relação a este sentimento de culpa, comecei a fazer umas pausas comigo mesma e avaliar o que de tão errado eu fazia para sentir culpa, e por incrível que pareça descobri o seguinte:- Sou responsável 100% pela minha vida e deixo entrar ou sair o que eu quiser dela, certo? certo! Com isso percebi que cada um é responsável 100% por sua vida também, certo? Certo! Então, cada um que cuide e preserve ao máximo a sua própria vida! Não posso assumir a culpa do outro e devo assumir a minha e tomar as atitudes cabíveis para resolver uma questão que eu tenha feito de uma maneira errada, ou que não foi legal.

    O saber perdoar e se perdoar, também foi transformador na minha vida. Acredito que se perdoar , é o mais difícil, mas ainda assim é a melhor coisa que temos a fazer por nós mesmos, pois precisamos amolecer um pouco com a gente e dar aconchego para nossas fragilidades…

    Descobri nesta jornada de auto conhecimento que tudo que faço, penso e sinto é um reflexo , uma consequência em minha vida, o mais importante é eu gostar de mim…

    Em resumo, para não sentir culpa e ser você:-

    . Entenda que a sua vida é responsabilidade única de VOCÊ (100%)

    . Tenha sempre sentimentos de realizações, plenitude e conforto dentro de você

    . Ninguém está aqui para se sentir culpado, estamos aqui para sermos felizes

    . Pare e preste atenção no que acontece dentro de você, sinta o seu silêncio e também sua voz interior, perceba quais informações que ela está dando a você, e sobre o que você necessita

    . Sua felicidade deve ser construída por você, assim como cada individuo deve ser responsável pela sua.

    . Seja 100% genuíno com a sua Vida! (só a sua já é o bastante, ok?)

    . Não assuma compromissos com os outros se os seus próprios ainda não estiverem concluídos ( isto com certeza elimina muitos problemas com a culpa)

    . Entenda que TUDO na sua vida depende somente de você. Suas escolhas, seus desejos, seus pensamentos, suas ações:- TUDO!

    . Quando perceber que realmente errou seja com você ou seja com alguém, pare e analise toda a situação e tenha a coragem de Perdoar, e fazer uma auto avaliação de como melhorar sua vida diante desta situação. O amadurecimento surge com a nobreza dos sentimentos e nas adversidades também.

    O mais importante é não se culpar tanto diante as coisas que lhe aparecem e você não sabe como lidar.

    Tenha mais compaixão consigo mesmo, tente dar um tempo para que as coisas fiquem mais leves e mais facies de se resolver, tenha um olhar mais acolhedor nestas horas, ok?

    Não se culpe demais, se ocupe com coisas serenas e coloridas em sua vida, tudo ficará bem!

    As pessoas e o mundo criam expectativas demais em relação ao outro, e isso meio que nos faz se tornar um culpado sem culpa alguma… É louco mas isso acontece! No meu caso desacelerei, parei e retomei as rédeas da minha vida. Claro que não foi da noite por dia, ainda está sendo, tenho muito a aprender, aliás acho que nunca aprenderei tudo , mas pelo menos sei o que quero e o que não quero , e culpa é uma coisa que não carrego mais e se ela tenta chegar por aqui, logo resolvo esta parada, pois é um dos sentimentos que não quero mesmo sentir nesta minha vidinha…

     

    Beijos

    Marta Rentes

    Tagged : / / / / / / / /

    Quando o assunto é você!

    E quando o assunto em questão, somos nós mesmos?

    Há momentos em que precisamos parar para reavaliar algumas coisas em nossas vidas, e fica tão visível a necessidade de mudanças, que temos que arregaçar as mangas e tirar coragem não sei de onde , e começar a avaliar ou reavaliar o que queremos, para onde vamos, o que faremos, ou então decidir de uma vez tomar as rédeas da nossa vida e começar a agir!

    Não é fácil eu sei… Já passei por este dilema várias vezes, e talvez passarei por muitas vezes ainda, mas até agora não descobri outra maneira, a não ser encarar de frente e ir à luta!

    Decidir mudar, se transformar, tirar um projeto do papel, da caixola ou do coração… Mudar posturas diante à vida, parar de fumar. começar a dieta, iniciar a caminhada, por tudo isso já passei…

    E como é gratificante quando estamos de novo em um processo de reavaliação, de dar o “Start” em outro assunto de nossa vida, ai você para,e vê quanta coisa já conseguiu realizar e até superar…

    Esta semana tive de novo que tomar novas decisões para continuar a prosseguir na vida, tive que renunciar , realinhar, planejar de novo, organizar meu tempo, mas no fim deste processo que não é fácil eu sei, vi que mais uma vez consegui colocar tudo no seu devido lugar, e o melhor:- sem me machucar, sem criar desafetos e sim dando continuidade nas coisas, mas de maneira serena e vendo que tudo tem seu tempo, e que nada sairá do controle quando paramos, prestamos atenção e cuidamos do nosso maior bem:- Nós mesmos

    Reflita sobre isso…

    Beijos

    Marta Rentes

    Tagged : / / / / /